Universidade de Oxford, Turismo Europeu com Classe e Inteligência

Oxford, esta na moda. Refiro-me a Universidade é claro – Ainda mais depois do mega sucesso a Rede Social e sua autentica criação do Facebook por garotos estudantes desta Universidade…. Mas o assunto não é esse.

Ir a Cidade de Orford e não ir até a Universidade mais famosa da Atualidade é como tentar banhar sem se molhar. Os próprios 134.248 habitantes respiram a glória que a faculdade emana.

A Universidade de Oxford e a Universidade de Cambridge são às vezes referidas coletivamente como “Oxbridge”. As duas universidades têm uma longa história de rivalidade, já que são as duas mais antigas e mais conhecidas escolas da Inglaterra.

A data da fundação da universidade é de 998, e pode não ter sido um evento único, mas não há evidências de ensino no local até 1096. Quando Henrique II da Inglaterra proibiu alunos ingleses de estudarem na Universidade de Paris em 1167, Oxford começou a crescer rapidamente.

A fundação dos primeiros halls de residência, que mais tarde tornaram-se faculdades, datam deste período e mais tarde. Seguido do assassinato de dois estudantes acusados de estupro em 1209, a Universidade foi dissolvida (o que levou à fundação da Universidade de Cambridge).

Em 20 de junho de 1214, a Universidade voltou a Oxford com uma carta de aceitação negociada por Nicolás de Romanis, delegado papal.

Oxford é uma universidade colegiada, composta pelas instalações centrais, como os departamentos e faculdades, bibliotecas e instalações de ciência, e 39 faculdades (em inglês colleges) ligadas à Universidades num tipo de sistema federal, e 7 salões privados permanentes fundados por denominações cristãs diferentes.

Todos os docentes e estudantes devem pertencer a um dos colégios (ou PPHs). O sistema colegiado de Oxford tem sua origem no fato da Universidade começar a existir através da aglomeração gradual de instituições independentes na cidade de Oxford.

Europa Aqui!

Deixe uma resposta