Toy Story 3, A Rede Social e Animal Kingdom são os Melhores para Quentin Tarantino

Diretor, ator e roteirista de cinema dos Estados Unidos da América, Quentin Tarantino alcançou a fama rapidamente no início da década de 1990 por seus roteiros não-lineares, diálogos memoráveis e o uso de violência que trouxeram uma vida nova ao padrão de filmes norte-americanos.

Quando foi procurado para gravar filmes como Homens de Preto, ele se recolheu em Amsterdã para trabalhar em seu roteiro para Pulp Fiction – Tempo de Violência. Quando foi finalmente lançado, o filme ganhou a Palme d’Or (Palma de Ouro) no Festival de Cannes de 1994 e, junto com Sexo, mentiras e videotape, de Steven Soderbergh e Roger e eu, de Michael Moore, revolucionou a indústria de filmes independentes, mostrando que estes filmes também são rentáveis.

Agora, 10 anos mais tarde o controverso diretor divulgou no último domingo (02) no seu site oficial a lista dos filmes preferidos de 2010. Toy Story 3, fim da saga de animação, está no topo da lista.

O diretor se limitou, com exceção do filme Enter The Void a listar sem fazer nenhum comentário. Sobre este, Tarantino disse que tem “a melhor cena de créditos do ano… Talvez a melhor da década. Uma das melhores da história do cinema”. Coincidentemente, a sequencia a que se referiu Tarantino tem os mesmos elementos que ele usou nas cenas iniciais de crédito em Pulp Fiction e Kill Bill Vols. 1 e 2, no início de cada título.


Veja abaixo a lista completa dos filmes:

Toy Story 3
A Rede Social
Animal Kingdom
Eu Sou o Amor
Enrolados
True Grit
The Town
Greenberg
Cyrus
Enter the Void
Kick Ass – Quebrando Tudo
Encontro Explosivo
O Pior Trabalho do Mundo
The Fighter
O Discurso do Rei
Minhas Mães e Meu Pai
Como Treinar Seu Dragão
Robin Hood
Amer
Jackass 3-D

Ate Breve!

Deixe uma resposta