Categorias
Geral

INSS E AS NOVAS REGRAS – Veja o Que Mudou

INSS E AS NOVAS REGRAS. Foi inevitável as alterações no INSS que atinge o SEGURO DESEMPREGO, PENSÃO POR MORTE, AUXÍLIO DOENÇA E ABONO SALARIAL.

Essas alterações terá um impacto significativo para o contribuinte.

Certamente as más intenções do “jeitinho brasileiro” contribuíram para esse fato.

Veja as mudanças:

INSS E AS NOVAS REGRAS: SEGURO DESEMPREGO – Recebimento de Seguro:

Para você ter direito a RECEBER O SEGURO DESEMPREGO será necessário que sua Carteira de Trabalho esteja assinada por um período de 18 meses com períodos menores para o segundo e terceiro período.

• 1a Solicitação com 18 meses com carteira assinada;
• 2a Solicitação com 12 meses de carteira assinada;
• 3a Solicitação com apenas 06 meses.

INSS E AS NOVAS REGRAS: PENSÃO POR MORTE – Tempo de Contribuição e de Relacionamento:

O contribuinte estará apto para deixar uma PENSÃO POR MORTE ao seu dependente legal e enquadrado nas novas normas quando ele (o contribuinte) tiver um período mínimo de 24 meses de contribuição.

Acrescido a isso, também tiver no relacionamento com o cônjuge ou em união estável pelo mesmo período, isto é, 02 anos.

INSS E AS NOVAS REGRAS

INSS E AS NOVAS REGRAS: PENSÃO POR MORTE – Alteração nos Valores:

O pagamento da Pensão Por Morte não será paga como anteriormente.

Hoje, o pagamento é parcial chegando a 50% do valor do Salário e também 10% para cada dependente.

Ainda, não haverá PENSÃO VITALÍCIA para cônjuge que são considerados jovens e será determinado um período baseado na expectativa de vida do beneficiário.

INSS E AS NOVAS REGRAS: AUXÍLIO DOENÇA – Carência Alterada:

O Auxílio Doença dobrou o período anterior, agora somente após 30 dias ou a partir dos 30 dias o mesmo será pago que no primeiro mês será pago pelo patrão ou empregador.

INSS E AS NOVAS REGRAS: ABONO SALARIAL – Como Receber:

O empregado somente terá direito a receber o Abono salarial quando o mesmo tiver um período mínimo de 06 meses sem nenhuma interrupção o que anteriormente era somente 01 mês e o valor está diretamente ligado em proporção ao tempo de trabalho

Categorias
Sites

Receber o Abono Salarial do PIS/PASEP

Como Sacar o Abono Salarial, o PIS/PASEP. Hoje, o Governo Federal tem facultado a todos os trabalhadores que são cadastrados no PIS/PASEP o Abono Salarial um benefício que é concedido todos os anos para os trabalhadores que estão cadastrados nos programas acima citados, e que estejam cumprindo os requisitos exigidos pela legislação atual.

PIS

Requisitos

Para aqueles que são ligados ao programa PIS/PASEP, devem se ater para alguns requisitos para ter direito ao abono salarial. Veja-os quais são:

  • É imprescindível que você esteja cadastrado no programa há mais de 5 anos, este é o primeiro requisito básica para o direito;
  • O candidato ao beneficio não pode ter recebido mais do que dois salários mínimos por mês no ano base da concessão do benefício;
  • Ter trabalhado com carteira assinada no mínimo ou pelo menos 30 dias, no ano base;
  • Ter todos os seus dados corretamente descritos na Relação Anual de Informações Sociais, no ano base.

Valor do Abono

Cabe salientar que, o valor do abono salarial concedido do PIS é de um salário mínimo, equivalente ao salário da data do pagamento do benefício. Lembrando que você pode recebê-lo com o seu cartão cidadão, evitando assim o desgaste que as filas causam. Você também pode sacar o seu abono nos terminais de auto-atendimento nas próprias agências da caixa, casas lotéricas ou nas correspondências aqui.

Receber o Abono

Ora, para você receber o seu abono salarial, não é preciso solicitá-lo, basta estar de acordo com todos os requisitos supracitados. E se você estiver, basta apenas conferir o calendário de pagamentos do benefício.

Caso esteja, basta conferir o calendário de pagamentos, e se já estiver no tempo, você já poderá sacar o seu dinheiro. Portanto, confira abaixo o calendário PIS/PASEP 2011/2012:

Fique Sabendo!