Schloss Schwetzingen, Palácio Alemão impõe Governo de Reis nos Séculos XVII e XVIII – Europa

Eram costumes dos Reis Medievais imporem seus domínios com demonstrações suntuosas que podiam facilmente ser notadas através dos grandes edifícios. Os reis pretendiam, consequentemente impor suas posições levando as pessoas acreditarem que seus governos eram de procedências divinas.

Dois séculos 17 ao 18, Reis assim procederam, tanto é que O Schloss Schwetzingen (Palácio ou Castelo de Schwetzingen) é um palácio da Alemanha, localizado na cidade de Schwetzingen, entre Heidelberg e Mannheim, outras cidades com residências palatinas (Schloss Heidelberg e Schloss Mannheim).

O palácio foi residência de Verão dos Eleitores do Palatinado Carlos III Filipe e Carlos Teodoro. O edifício adquiriu a sua forma actual por ordem do Eleitor João Guilherme, segundo desenhos do arquitecto Johann Adam Breuning, entre 1700 e 1750.

O palácio acolhe todos os verões o “Schwetzinger Festspiele” (Festival de Schwetzingen), o qual ocorre principalmente no “Rokokotheater” (Teatro Rococó). Em 2007 foi proposto o reconhecimento da residência estival de Schwetzingen como Património da Humanidade pela UNESCO.

Europa Aqui!