Saiba como morreu Lawrence da Arábia – Turismo na Europa

Quem é facinado pela nova era de filmes produzidos ao vento, podem não suportar ver ou rever classocos dos Passdo. Sinceramente eu gosto. Tanto gosto que passei minhas quase 4 horas para ver o 27º Filme da lista dos Maiores filmes de todos os Tempos, Lawrence da Arábia.

Em (1919-1922), Lawrence escreveu a sua obra-prima Os Sete Pilares da Sabedoria, as suas memórias da Revolta Árabe, e que seria publicada em 1926:

Todos os homens sonham, mas não da mesma forma. Os que sonham de noite, nos recessos poeirentos das suas mentes, acordam de manhã para verem que tudo, afinal, não passava de vaidade. Mas os que sonham acordados, esses são homens perigosos, pois realizam os seus sonhos de olhos abertos, tornando-os possíveis. — T.E. Lawrence, Os Sete Pilares da Sabedoria.

Depois da passagem à reserva, Lawrence planeava levar uma vida tranquila e solitária em Clouds Hill, rejeitando mais uma vez convites para posições importantes. Contudo, em 13 de Maio de 1935, quando Lawrence foi de moto até aos correios de Bovington, para enviar uma encomenda de livros a um amigo e um telegrama a Henry Williamson, sucedeu o imprevisto.
De regresso a Clouds Hill, ao desviar-se abruptamente para evitar o embate com dois jovens ciclistas foi projectado violentamente da moto, fracturando gravemente o crânio. Permaneceu em coma durante seis dias, morrendo a 19 de Maio, aos 46 anos e 9 meses de idade, sem nunca ter recuperado a consciência (se tivesse sobrevivido teria ficado em estado vegetativo).

 

Foi enterrado a 21 de Maio, na Igreja de São Nicolau, em Moreton, Dorset. Assistiram ao enterro Winston Churchill e Lady Astor, entre outros notáveis, mas hoje o retrato do que sobrou de seu corpo, esta arquivado na Catedral de São Paulo em Londres.

As circunstâncias do acidente levaram Hugh Cairns, neurologista que atendeu Lawrence, a realizar um estudo sobre a adoção de capacetes por civis e militares, concluindo que a prática poderia diminuir drasticamente o número de fatalidades causadas por traumatismo craniano.

A morte de Lawrence e o subseqüente trabalho de Cairns contribuiu largamente para a adoção de capacetes entre motociclistas, trabalhadores e desportistas em todo o mundo.

Europa Aqui!