Quatro Tipos de TESTE DO PEZINHO e Doenças Detectadas

A APAE está preparada e vem desenvolvendo um excelente trabalho de saúde em vários aspectos inclusive sendo referência em vários exames. O teste do pezinho é um deles e serve para detectar precocemente várias doenças que poderão surgir no organismo do recém-nascido.

É importante que a mãe e o pai entenda os vários tipos do Teste do Pezinho e tome as melhores decisões para garantir melhor a saúde de seu filho. Hoje já é possível fazer o teste Padrão, o Super, o Ultra e o Hiper:

  • Teste do Pezinho Padrão
  • Super Teste do Pezinho
  • Ultra Teste do Pezinho
  • Hiper Teste do Pezinho

O Teste do Pezinho Padrão é capaz de reconhecer apenas 05 tipos de problemas tais como Fenilcetonúria, Hipotireoidismo Congênito, Doenças Falciformes e outras hemoglobinopatias, Hiperplasia Adrenal Congênita, Fibrose Cística.
novo teste pezinho

O Teste do Pezinho Super além de reconhecer as descritas acima ainda pode detectar a presença de Galactosemia, Deficiência da Biotinidase, Aminoaddopatias, isto é, ao todo 08 tipos de situações indesejadas.

O Teste do Pezinho Ultra poderá detectar as 08 descritas acima e mais 05 que ao total chega a 13 que são Toxoplasmose congênita, Rubéola, congênita, Citomegalovírus congênito – CMV, Sífilis Congênita, Chagas Congênita.
hiper teste pezinhoO Hiper Teste do Pezinho percebe a presença das doenças acima e todas estas listadas a baixo e seu procedimento é por eEspectometria de Massas com a ajuda de alta tecnologia é capaz de perceber variações ou alterações mesmo que mínimas que são:

  • Leucinose ou Doença da Urina de Xarope Bordo, Hipermetioninemia, Homocistinúria, Tirosinemia, Acidúria Argininosucanica, Argininemia, Citrulinemia, Acidemia Propiônica, 3-Metilcrotonilglidnúrica, Acidemia Glutárica Tipo I, Acidemia Isovalérica, Acidemia Metilmalônica, Acidemia Hidroximetilglutárica, Deficiência de AcetoacetiKtoA Tiolase Mitocondrial, Deficiência Multipla-CoA Carboxilase, Deficiência de 2-Metilbutirii Glitinúrica, Acidúria Isobutírica, Deficiência de 3-Metilglutaconil-CoA Hidratase, Acidemia Malônica, Deficiência deCamitina PalmitoliTransferaseTípo II (CPTII), Deficiência de Camitina Primária, Deficiência da Desidrogenase de Acil-CoA de Cadeia Muito, Longa (VLCAD), Deficiência de Desidrogenase de 3-Hidroxiacil-CoA de, Cadeia Longa (LCHAD), Deficiência de Desidrogenase de Adl-CoA de Cadeia, Média (MCAD), Deficiência de Desidrogenase de Adl-CoA de Cadeia Curta, (SCAD), Deficiência de Desidrogenase de Múltiplas acil-CoA (Acidemia Glutárica Tipo II), Defidência de Carnitina Palmitoil Transferase Tipo I (CPT I), Deficiência de Carnitina/ Acilcarnitina Translocase (CACT), Defidência da Desidrogenase de Hidroxiacil-CoA de Cadeia, Média e Curta (M/SCHAD), Defidênda de Proteína Trifuncional, Defidênda de 2,4 dienoil-CoA Redutase

Para mais informações acesse www.apaeaps.org.br