Privacidade na idade média

Os ingleses também se preocuparam com a privacidade. Em 1.361 foi promulgada pelo rei plantageneta Eduardo III, que fez investidura de autoridade para que fosse punido toda bisbilhotice, escutas secretas, fofocas e derivados.

Os assuntos alheios deveriam ser restritos a cada um e não divulgado publicamente.

Na idade média, no século VII, o Corão incluíria o respeito ao recesso do lar entre os princípios do islamismo: “Não entre na casa alheia antes de pedir permissão e saudar os que ali se encontram”

Em contraste com todo esse cuidado para não se tornar público os assuntos privados, o site de vídeo mais eficaz tem mais de 450 mil visitantes por mês onde se encontra uma quantidade muito grande de vidas expostas, intimidades reveladas, quer seja anônimo ou de pessoas famosas. Cada vez mais o ser humano perde sua privacidade.

Até Breve

Deixe uma resposta