O que é Estupro Corretivo

Estupro Corretivo é um comportamento diabólico e insano de pessoas que acreditam que ao estuprar uma mulher lésbica estará na verdade curando-a de seu lesbianismo.

O Estupro Corretivo vem com acessórios, ou seja, torturas diversas e bizarras como o caso recente que está tomando dimensão cuja campanha nós aqui do blog EquantoIsso está engajado.

A lésbica Millicent Gaika recebeu 5 horas de torturas com estrangulamento e pancadas – “Estupro Corretivo” para ficar curada do lesbianismo e se tornar heterossexual – até quando estes crimes ficarão impune?

Eles acreditam que a vítima sofrendo o essas torturas se tornarão heterossexuais. Por causa desse pensamento absurdo, o Estupro Corretivo não entra com o crime de discriminação sexual a qual a África do Sul é tão rigorosa.

Estupro-corretivo

Lógico que estamos falando de vítimas pobres que vivem à margem da sociedade, MAS são pessoas que merecem cuidados e não podemos fechar os olhos a elas. As grandes batalhas sempre são travada pela pobreza e sem quase nenhum recurso.

Mas no caso da África do Sul não é um crime simples, porque se trata de uma cultura enraizada e deve ser feita por meios políticos, educacionais e em todos os seguimentos autoritários do país.

A África do Sul precisa mudar e o Presidente Zuma é tido como um Zulu bem tradicional, cujas tradições podem acabar enterrando a esperança de mudança.

Como uma luz no fim do túnel, o Presidente chegou a criticar as autoridades quando prenderam um casal gay no Malawi (2010), bem como foi forçado a aprovar uma lei da ONU para não haver no país assassinados ligados à orientação sexual.

Mais notícias aqui no EnquantoIsso.com