Emerald, melhore a aparência das bordas das janelas no Ubuntu

Muita gente usa o Ubuntu. Conheço alguém que o usou, radicalmente, até que o Windows 7 recuperou o prestigio para a Microsoft, fato que o “Vista” havia ofuscado. Pois bem, das inúmeras diversidades, quero apresentar-te “O Emerald”.

Se você ainda não conhece, ele é um decorador de janelas para Ubuntu. Tendenciado a esteticamente enriquecer a borda das janelas do Ubuntu de uma forma muito livre. Através do Emerald, é possível ter nas decorações das janelas transparências (desfocadas ou não), animações, estruturas da barra diferentes, editar os botões e os títulos, entre outros aspectos visuais.

Se você presa pela beleza, você deverá usá-lo. Qualquer amante de visuais do Ubuntu deve ter em consideração o Emerald. Desenvolvido inicialmente para o Compiz como uma evolução ao decorador de janelas padrão do Gnome, o GTK, tornou-se, com o tempo, este decorador de janelas Maximo de janelas.

A opção permite faze-lo gozar de usas estéticas, mas o pré-requisito obrigatório, para se ter o Emerald, é ter o Compiz ativo. Ora, como o Compiz precisa de ter os drivers da placa de vídeo corretamente instalados; logo se nada estiver desacordado entre drivers e placa de vídeo, então tudo certo.

Para além de ter o Compiz, precisa também de ter o Gerenciador do Compiz instalado. Através deste gerenciador, posteriormente, irá ativar o Emerald. Veja um vídeo super maneiro postado no YouTube sobre como proceder corretamente na hora da instalação:

Até Breve!