Londres, Cidade do Manifesto Comunista – Turismo na Europa

O Manifesto Comunista foi publicado pela primeira vez (em alemão), em Londres por um grupo de refugiados políticos alemães em 1848. Também foi serializado em torno do mesmo tempo em uma linguagem de Londres-jornal alemão, o Deutsche Zeitung londrino.

A primeira tradução para o Inglês foi produzido por Helen Macfarlane , em 1850. O Manifesto foi através de um número de edições de 1872-1890; notável novos prefácios escritos por Marx e Engels para a edição alemã de 1872, o russo edição 1882, o francês edição de 1883, e do Inglês Edição 1888.

manifesto-comunista

 Esta edição, traduzido por Samuel Moore com a ajuda de Engels, tem sido comumente usado Inglês texto mais uma vez.

No entanto, edições em Inglês mais recentes, como “mapa do caminho” de Phil Gasper Haymarket Books , 2006, pode ter usado um texto modificado ligeiramente em resposta às críticas da tradução Moore feita por Hal Draper em sua história de 1994, do Manifesto, O Aventuras do “Manifesto Comunista” (Centro de História Socialista, 1994).

  • Um fantasma ronda a Europa, o espectro do comunismo. Todos os poderes da velha Europa entraram em uma santa aliança para exorcizar esse espectro: O e o Cezar , Metternich e Guizot radicais franceses e os policiais da Alemanha são espiões.

Onde está o partido de oposição que não foi acusado de comunista por seus adversários no poder? Onde está o partido de oposição que não tenha arremessado de volta a censura branding do comunismo, contra os partidos da oposição mais avançados, bem como contra o seu reacionário adversários?

Europa Aqui!