Leon Walker, Marido lê e-mails da esposa, descobre traíção, mais vai preso

Rochester Hills, Michigan – Um homem de Rochester Hills, que diz que soube do caso de sua esposa, lendo seus e-mails em seu computador vai a julgamento 07 de fevereiro sob a acusação de alta traição mau uso do computador.

Aos 33 anos de idade Leon Walker usava a senha de sua mulher para entrar em sua conta do Gmail. Clara Walker entrou com pedido de divórcio, que foi concedido este mês.

Leon Walker diz a imprensa de Oakland de Pontiac, ele estava tentando proteger os filhos do casal por negligência e chama o caso de um “erro judiciário”. Clara que já fora casada outras duas vezes, estava tendo um caso com o segundo marido (que havia sido preso por agredi-la em frente ao filho, fruto do primeiro casamento). Alegando estar preocupado com a segurança do menino do casal, Leon denunciou tudo ao pai, que solicitou a guarda do menino.
Oakland County Procurador Assistente Sydney Turner afirma que a acusação é justificada.

Direito de Privacidade do escritor Frederick Lane diz que a lei normalmente é usada para processar o roubo de identidade e roubo de segredos comerciais. Ele diz que não se espera de uma mulher obter privacidade em um computador que compartilha com seu marido.

Até Breve!

Deixe uma resposta