Intolerância ou Alergia ao Leite e Seus Derivados

O leite e seus derivados como queijo, iogurte, mozzarella e outros, apesar de serem fontes de proteína e cálcio e excelente na formação dos ossos, muitos de nós não podemos ingerir ou pelo menos devemos evitar devido a problemas que causam ao nosso estomago. Os problemas mais comuns são a alergia ou intolerância causando deficiência de importante substâncias. Em primeiro vamos entender o seguinte:
alergia-a-lactose

  • A Alergia está relacionada à proteína do leite de vaca.
  • A Intolerância está ligada ao açúcar do leite, que é a lactose.

Tão cedo na vida (quando a criança para de mamar no peito), descobrimos a alergia e começa a tomar o leite de vaca trazendo rapidamente seus sintomas e muitas vezes apenas o cheiro ou contato com o leite e derivados são suficientes para aparecer as causas.

Quais São os Sintomas da alergia ao leite: Visualmente aparece vermelhidão e coceira na pele, já os lábios podem inchar e criar bolinhas, mas estes sintomas também aparecem na orelha e nos olhos dependendo da intensidade da alergia. Quando é mais intensa a glote também incha e a criança passa a ter também choque anafilático. Devemos atentar para os pulmões que impulsiona tosse, falta de ar, chiado comprometendo as vias respiratórias.
intolerancia-a-lactoseFique atento, pois muitos produtos são produzidos com leite como shampoos, hidratantes bem como lenços humedecidos. Neste caso a saída é o leite de soja, de aveia, de arroz, o hidrolisado.

Quais os Sintomas da intolerância à lactose: O organismo produz enzimas com a finalidade de destruir o açúcar existente no leite para que não cause problemas gastrointestinais e muitas vezes o organismo da pessoa para de fabricar estas enzimas o que ocasiona barriga inchada, gases, diarreia. A intolerância é mais fácil (as vezes) de lhe dar porque depende da quantidade, então se o paciente ingerir leite com redução ou com zero lactose já existentes no mercado o problema fica resolvido. Porém a alergia não depende da quantidade, ou seja, qualquer quantidade é capaz de desencadear os sintomas.