em Europa Aqui, Turismo Na Europa

Herbert Kitchener, Enterrado na Catedral de São Paulo em Londres, Europa

Europa – Na Catedral de São Paulo há um tumulo que registra uma das histórias da 1º Grande Guerra Mundial mais marcantes da Atualidade. O Tumolo do O Marechal de campo Horatio Herbert Kitchener, nascido em Ballylongford, no dia 24 de junho de 1850 e morto em HMS Hampshire no dia 5 de junho de 1916.

Militar e pro cônsul britânico, celebre por suas campanhas imperiais, que desempenhou um papel central no período inicial da Primeira Guerra Mundial. Foi governador-geral do Sudão, comandante-em-chefe da Índia, e secretário da guerra, em 1914. A cidade canadense de Kitchener foi nomeada em sua homenagem.

No interior da Catedral de São Paulo em Londres, a capela, que ocupa o espaço na base da torre noroeste, em 1925, foi dedicado à memória do marechal, Lord Kitchener que tinha morrido na costa de Orkney em 1916. Através dele, homenageia todos os mortos da Primeira Guerra Mundial. A efígie de Kitchener fica no chão da capela, os pés apontando para um altar na parede leste.

No Tumulo onde hospeda-se seus restos mortais Na parede acima do altar está uma escultura da Virgem Maria com o corpo de Cristo, uma composição conhecida como a Pietà, um tema que mostra a mãe de Cristo se lamentar sobre o corpo de seu Filho.

Apesar de não ser altamente discutido na literatura, a esquife do Marechal cresceu e se tornou extremamente importante na iconografia cristã, especialmente em sua representação suprema de 1499 por Michelangelo, que fica na Basílica de São Pedro, em Roma.

Europa Aqui!

Escrever comentário

Comentário