em Europa Aqui, Turismo Na Europa

Henry Moore, Artista ex-combatente da Primeira Guerra Mundial – Turismo na Europa

Em 1917, no auge da Primeira Guerra Mundial, Henry Moore foi chamado para o fazer parte do exército, sendo o mais jovem do regimento Prince of Wales’s Own Civil Service Rifles.

Foi ferido em um ataque de gás durante a Batalha de Cambrai, na França. E, após recuperar-se no hospital, ele viu o resíduo da guerra como instrutor de treinamento físico.

Em total contraste à maioria de seus contemporâneos, a experiência do tempo de guerra de Moore foi tranqüila. Disse ele mais tarde: “…Para mim a guerra passou como uma neblina romântica, de tentar ser um herói”.

Depois da guerra, recebeu a concessão de ex-combatente para continuar sua educação e se tornar o primeiro estudante de escultura na Leeds School of Art, em Leeds, em 1919 — a escola teve que instalar um estúdio de escultura especialmente para ele.

Em 1936 participou da Mostra Internacional Surrealista, na mesma cidade. Durante a II Guerra Mundial, chocado com os bombardeios em Londres, fez a famosa série de desenhos dos refugiados nos abrigos antiaéreos (1940).

 

Europa Aqui!

Escrever comentário

Comentário