em Atividade Cerebral

Foto Tagger: Alguém pegou sua foto?

– O site Face.com de reconhecimento facial (Israel tecnologia) feito bastante ousado quando lançou Photo Finder, o primeiro aplicativo feito por eles para o Facebook, isso em março deste ano. Depois, sem muita demora, outro aplicativo chamado Photo Tagger, que se resume em uma ferramenta capaz de encontrar fotos de pessoas que foram espalhada para outros álbuns Facebook, ainda que que elas permaneceram fora da tag feita pelos usuários.

Era apenas uma versão beta e privada, até agora que neste dia se tornou pública. A auto-tagging app está estreando a versão completa e já testada de Tagger Photo. Além de impressionante, também é gratuito.

Parece incrível! e realmente é: Primeiro você vai instalar o aplicativo no Facebook, o álbum de fotografia pode ser pessoal ou de seus amigos. Segundo – Usando sua avançada tecnologia de reconhecimento, Foto Tagger examina as fotos, os lotes de fotos, em grupo e individuais e sugere tags para as caras que ela identificou como tal. Terceiro – quando você confirma as Tags, então, espelhando as configurações da rede social, diretamente no Facebook, você terá um álbum personalizado composto de fotos com tag.

Você verá a eficiência após ter testado em seu Facebook, além do mais, segundo o site Face.com a foto pode ser reconhecida independente da altura de iluminação, qualidade, expressões faciais, planos de fundo ou observando o foco das imagens. Incrível! não?

Photo Tagger se torna um buscador excepcional que funciona na maior rede social do mundo (ainda não é no Brasil) Facebook. Só imaginar essa rede emque milhões de imagens são enviados a cada dia e construções de novos álbuns a cada momento podemos imaginar a eficiencia de Photo Tagger. O aplicativo também se torna uma ferramenta de comunicação acessível, com a opção Face Alerta, ela pode avisar quado sua face é marcada em algum lugar.

Você pode nunca ter ouvido falar de Face.com mas, a edição ja foi testada por mais de 30.000 usuários e identificou 5 milhões no Facebook enfrenta no prazo de três meses.

Até Breve

Escrever comentário

Comentário