Fazer o que gosto ou o que oferece oportunidade de ganhar mais dinheiro?

É sempre indicado colocar os prós e os contras em uma balança; a grande verdade é que não se tem garantia de nada em momento algum da vida.

Trabalhar em algo que se gosta poderá ser um grande fator de motivação, afinal de contas as pessoas precisam ser motivadas para fazer algo, caso contrário poderão acabar desistindo pelo meio do caminho.

Em contrapartida, atuar em algo prazeroso poderá não proporcionar a vida que foi planejada, porém fazer o que não agrada talvez possa proporcionar um status e oferecer tranquilidade.

E qual seria a saída para este impasse? Quem sabe pensar na possibilidade de trabalhar no que não agrada muito por um determinado tempo e, assim que a vida estiver mais estabilizada, tentar a outra possibilidade?

Seja qual for a sua decisão, deve ser tomada com a cabeça no lugar, sem que os outros decidam por você, sem esquecer de que toda a ação tem uma reação e que para cada decisão que se tomar, seja ela qual for, sempre teremos que assumir as responsabilidades pelas vitórias, bem como pelos possíveis fracassos, ambos fazem parte da vida.