em Geral

Facebook e Nielsen: Um caso de amor

Na semana passada, Nielsen e Facebook declarou que eles estavam “em um relacionamento”, juntamente com um novo produto Nielsen que está lançando chamado BrandLift, que tem a função de medir a percepção da marca de anúncios na rede social com opt-in polls. Quase imediatamente após as duas companhias anunciaram uma parceria estratégica, Nielsen começou a lançar relatórios otimistas sobre o Facebook e quanto tempo as pessoas estão gastando em redes sociais.

Anúncios em redes sociais não desempenham bem como anúncios em outras partes do site, mas há toneladas de inventário barato (ou seja, pageviews), como os anunciantes não têm muita escolha, mas é melhro estar lá. Qualquer coisa que pode ajudar a justificar os seus gastos 119 por cento mais que no ano passado em anúncios de redes sociais (Nielsen) e isso é bom para o Facebook.

Por exemplo, um estudo da Nielsen constatou que:

  • As pessoas encontradas no local de trabalho passou mais de sete vezes a mais em horas em sites de redes sociais em 2008 do que no ano anterior,
  • E metade de todos os trabalhadores registrado no Facebook no gabinete passa mais tempo lá do que em qualquer outro site (uma média de 3 horas e 10 minutos por dia).
  • A mensagem era clara: se você quiser alcançar pessoas on-line, você tem que anunciar no Facebook.

Então, três dias depois, outra estatística (medição) da Nielsen seguido por um outro “beijo molhado”.  Não só o Facebook é a rede social mais popular (como se nós não o soubéssemos), mas é também o mais rico. Nielsen apregoou dados mostrando que os usuários do Facebook são mais ricas e vivem mais no centro urbano do que suas contrapartes no MySpace.

Segundo o estudo da Nielsen, as pessoas ricas são “25% mais propensos a usar o Facebook” do que as pessoas mais pobres, enquanto as pessoas na parte inferior da pirâmide de renda são “37% mais propensos a usar o MySpace do que aqueles que estão na parte superior”.  Então para os anunciantes que desejam atingir os ricos e fabulosos, há uma escolha clara: Facebook. E se eles querem se convencer de que essas pessoas estão atualmente a prestar atenção aos seus anúncios, Nielsen vai vender seu novo produto BrandLift, que por enquanto só está trabalhando apenas no Facebook agora. As estrelas estão alinhadas.

Agora, eu não estou sugerindo que todas as pessoas no Facebook são somente pessoas ricas e fabulosos. Mas penso que você será o próximo a estar lá, pois eu já estou.

Até Breve

Deixe uma resposta