Enem é Sim ou é nem mesmo?

Enem é Sim ou é nem mesmo? – O nome parece cômico ou muito coincidente mas tem feito a alegria de alguns e espanto de muitos. O Enem é um exame individual, e caracterizadamente voluntário, oferecido anualmente aos estudantes que estão terminando ou que já terminaram o ensino médio. O objetivo principal é dar uma referência para auto-avaliação, à medida que os exames se estruturam e se marcam competentes.

Enem é Sim ou é nem mesmo? – As Dificuldades:

Quem já fez uma prova do Enem (e eu já fiz) ela enfatiza aquilo que está gravado na memória estrutural que se formam no dia a dia com o que nos cercam e nos permeiam. Não centraliza na memória em si que apesar de ter uma importância fundamental não autentica o único meio de compreensão do mundo.

Enem é Sim ou é nem mesmo

Enem é Sim ou é nem mesmo? – As Avaliações:

 As avaliações até então contextualizada e disciplinar explícitas pelo enem são de suma importância para mostrar a impregnação gravada na mente – assim são suas provas. Pelo contrário os vestibulares valorizam uma excessiva ênfase valorizada da memória e dos conteúdos em si. E como se o Enem colocasse o estudante diante de situações-problemáticas que devem ser resolvidas para que ele continue existindo.

Acumular informações não é o lema do Enem. Essa capacidade é deixada de lado, mas o elemento “exercício mental” é posto à prova, e talvez a tarefa “pensar” seja por demais dolorosa para a maioria. Mas quando aprendemos a pensar também aprendemos a “saber como fazer”.  Se você aprende isso, então é o maior passo para sua autonomia na hora de fazer escolhas e tomar decisões.

Breve Regresso