Cristiane Barreiras, Profª condenada a prisão por pedofelia

A professora de matemática Cristiane Teixeira Barreiras, 33, foi condenada a 12 anos de prisão por ‘estupro de vulnerável’ pelo juiz Alberto Salomão Júnior, da 2ª Vara Criminal de Bangu, na zona oeste do Rio. Ela foi presa no dia 27 de outubro acusada de manter um relacionamento com uma aluna de 13 anos.

O juiz decidiu ainda que a professora não poderá apelar em liberdade. Ela está no presídio de Bangu 8.

A Professora  foi detida após denúncia da mãe da menina, que relatou à polícia que a filha estava desaparecida havia dois dias. Estudante e professora teriam passado os dias num motel. Cristiane dava aulas para a menina em uma escola municipal de Realengo, na zona oeste. A prefeitura e o Estado, onde ela também dava aulas, afastaram a docente do cargo.

Em dezembro, a advogada da professora, Vanuce Barros, alegou que sua cliente teria se arrependido do crime que cometeu e que, caso ganhasse a liberdade, sairia do Estado para evitar contato com a menina.

Até Breve!

Deixe uma resposta