Como Ter Uma BARRICA DE SHOPP [Ou como Não Ter]

A Gordura “Dura na Queda”. Muitas vezes a pessoa é até magra, mas a Barriga de Shopp está lá. Geralmente se dá esse nome quando a gordura se aloja na região abdominal e sem falar da estética (que é de menor importância ou deveria ser), essa gordura aumenta as chances de contrair o diabetes no nível 2 e também riscos para o coração e uma série de outras complicações.

Nem sempre a “Barriga de Shopp” está ligado à bebida, MAS sem dúvidas, pra quem gosta de longas horas durante o mês no álcool vai contraí-la (perde por esperar), além do mais se em uma lata de cerveja vai 150 calorias quantas calorias mensais os bebedores consomem sem necessidade? A dica é – Seja MODERADO.

barriga de shopp e alcool

PORQUE O TERMO “BARRIGA DE SHOPP?”
A questão é simples: Na verdade, com o aumento de calorias no organismo ingerido pelo álcool (7 kcal por grama) elas se tornam em gordura abdominal isso porque o álcool tira a capacidade do pâncreas retirar os nutrientes dos alimentos – por ironia, a pessoa pode comer bem, mas como o organismo não consegue retirar esses nutrientes como deveria a pessoa acaba ficando desnutrida.

O QUE O PÂNCREAS FAZ NO CORPO?
A função de liberar enzimas na digestão e produzir hormônios (a insulina e o glucabon), por isso age controlando os carboidratos que vão para o sangue.

COMO O ALCOOL GERA ATRAPALHA O PÂNCREAS?
O álcool chega no pâncreas e impede a produção das enzimas e estas, responsáveis pela digestão ficam “aleijadas”, deficientes tornando a digestão correta impossível – essa deficiência de nutrição se torna crônica reduzindo a massa magra e acumulando as massas gordurosas. Essa desproporção toma dimensão cada vez mais pois quanto mais massa gordurosa menos o organismo consegue queimar as calorias.