Cientistas criam processador de mil núcleos em um único chip

Uma equipe de pesquisadores das universidades de Glasgow e de Massachusetts Lowell criou um processador que contém mil núcleos em um único chip, com desempenho até 20 vezes superior ao dos equipamentos atuais. No fim de 2009, a notícia era uma CPU Intel com 48 núcleos em um único chip.

Usando um chip com a tecnologia FPGA (Field Programmable Gate Array), que contém milhões de transistores que podem ser configurados em circuitos específicos pelo próprio usuário, cientistas conseguiram separar os transistores em pequenos grupos, cada um executando tarefas individuais. Aproveitando-se da configurabilidade da FPGA, os pesquisadores foram capazes de usar uma boa dose de criatividade em programação para integrar os mil núcleos e dividir o processamento entre todos os mil.

De acordo com o jornal Daily Mail, os estudiosos criaram mais de mil mini-circuitos, resultando em um processador de mil núcleos, cada um trabalhando com instruções específicas. Nos testes realizados pela equipe, o chip foi capaz de processar cerca de 5GB por segundo.

E, dada a natureza personalizável do processador de mil núcleos, sabe-se que será realmente mais eficiente, em termos de energia, do que as CPU multicore atualmente em uso por aí.

Até breve!