Casca de Jabuticaba Combate Câncer de Próstata Leucemia e Diabete

Pra que serve a Jabuticaba, quantidade de consumo ideal e por que ela tem esse poder de combater dois tipos de câncer e também o diabete é o assunto de nosso artigo de hoje. Há pessoas que acreditam na “Teoria da Conspiração”, isto é, eles fazem grandes descobertas e muitas vezes estas ficam abafadas pelas pessoas interessadas em industrializar e enriquecer-se ainda mais. São pessoas poderosas financeiramente e consequentemente com poderes de influência na mídia para que não haja uma exata ou quase nenhuma divulgação.
farinha-de-jabuticabaMas recentemente foi anunciado no Jornal Nacional de um estudo realizado por um período de cinco anos feito pelos pesquisadores Unicamp, no estabelecimento de Campinas (SP), e nestas pesquisas de longos anos ficou comprovado a força que a jabuticaba exerce sobre as células cancerígenas no caso específico de próstata e da leucemia.
casca-jabuticabaEssa eficácia da jabuticaba se dá devido ao fato de seus nutrientes presente mais especificamente na casca da fruta – os chamados “compostos fenólicos” que exercem força destrutiva sobre as células cancerígenas conforme comprova pesquisa dirigida pelo pesquisador da Faculdade de Engenharia de Alimentos Mário R Maróstica Junior. Essa eficácia foi comprovada em um percentual de até 50% na redução das células cancerígenas. Ora, o que se entende é que todo alimento que tenha um componente capaz de reduzir uma deformação nas células, ele torna-se também um alimento preventivo.
suco-de-jabuticabaSim, a jabuticaba é capaz não só de combater estes dois tipos de câncer (próstata e leucemia), como também o seu consumo diário na quantidade de até 10 unidades (com a casca) desta fruta é o necessário para prevenir tais doenças. A ação que teve êxito se desenvolve em duas fases – uma no combate aos radicais livres que agem multiplicando as células cancerígenas e outra fase na redução de enzimas que fabricam as células cancerígenas. A notícia já está para além das nossas fronteiras. Por enquanto, nestes cinco anos de testes a jabuticaba foi aplicada no local das células, mas já está certo os testes para a ingestão da fruta com a casca, isto é, ingestão do extrato da fruta isso em animais primeiramente.

Testes em roedores com diabete também foram feitos e com resultados de sucesso onde a jabuticaba tem a eficácia para diabetes tipo 2 agindo no colesterol sanguíneo e reduzindo a glicose. A medida de consumo se define como sendo necessária 10 unidades da fruta com a casca diariamente além de manter as outras orientações de alimentação saudável.