Atrizes da adolescencia que se tornaram Mulheres Lindas

Entre as mulheres meninas que destacaram por suas provocações e sensualidade se destacam as beldades Sue Lyon, Maria Schneider, Jodie Foster, Brooke Shields, Jane March, Flávia Monteiro:

Sue Lyon – em 1962 estrelou o grande filme “Lolita”, que conta a história constante do livro de Vladimir Nabokov e já nessa década estarreceu o mundo com suas provocações. Sabe né, aquela época que ver um joelho feminino descoberto já era um sucesso, mas ela soube despesar sensualidade que dificilmente podemos ver na maioria das estrelas de hoje. Com notas acima de 7.5 ela estrelou em Lolita (dirigido por Stanley Kubrick) e A Noite do Iguana (direção de John Huston); Com notas abaixo de 7.0 os filmes Sete Mulheres (direção de John Ford) e O Magnífico Farsante (direção de Irvin Kershner)
Sue-Lyon

Maria Schneider –, aos 19 anos em 1972 fez o inesquecível filme “O Último Tango em Paris” com cenas tentadoras, explícitas e picantes com o ator Marlon Brando – a cena da manteira então ninguém esquece. Mais estimulante então para quem leu o livro. Schneider fez dois filmes com excelentes notas: O Passageiro – Profissão Repórter em 1975 (direção Michelangelo Antonioni) com 8,5 e O Último Tango em Paris (Bernardo Bertolucci) 1972 com 8,1. Vários outros filmes não atingiram essas notas: Noites Felinas (Cyril Collard); O Processo do Desejo (Marco Bellocchio); Jane Eyre – Encontro com o Amor (Franco Zeffirelli); Merry-Go-Round (Jacques Rivette); Cliente (Josiane Balasko); La Clef (Guillaume Nicloux); La Dérobade (Daniel Duval); Os Atores (Bertrand Blier); Jeune Fille Libre le Soir (René Clément).

Maria-Schneider

Jodie Foster – aos 13 aninhos fez o papel de um prostituta no filme Taxi Driver estrelado em 1976. Ela conseguiu nota acima de 7,0 em seis filmes: Taxi Driver (Martin Scorsese) 1976 nota 9,4; O Silêncio dos Inocentes (Jonathan Demme) 1991 nota 9,4; Alice Não Mora Mais Aqui (Martin Scorsese) 1974 nota 8,0; Eterno Amor (Jean-Pierre Jeunet) 2004 nota  7,5; Acusados (Jonathan Kaplan)  1988 nota  7,2; O Plano Perfeito (Spike Lee) 2006 nota 7,2. Com notas abaixo de sete ela fez os seguintes filmes: Contato (Robert Zemeckis)    1997    6,9; Valente (Neil Jordan)    2007    6,3; O Quarto do Pânico (David Fincher)    2002    6,3; Maverick (Richard Donner)    1994    6,1; Nell (Michael Apted)    1994    5,7; Memórias Secretas (Steven Kampmann)    1988    5,7; Anna e o Rei (Andy Tennant)    1999    5,6; A Ilha da Imaginação (Jennifer Flackett)    2008    5,6; Um Hotel Muito Louco (Tony Richardson)    1984    5,4; Meninos de Deus (Peter Care)    2002    5,4; Foxes (Adrian Lyne)    1979    5,4; Plano de Vôo (Robert Schwentke)    2005    4,5.

Jodie-Foster

Brooke Shields – com apenas 11 anos de idade em 1978 efetivou definitivamente o termo “ninfeta” e estreou um filme chamado “Pretty Baby” fazendo o papel de uma menina que teve sua virgindade leiloada. A modelo e atriz Brooke Shields declarou recentemente à revista norte-americana “Health” que só perdeu a virgindade aos 22 anos. Brooke atribui o começo tardia de sua vida sexual aos seus problemas de auto-estima, relacionados ao seu peso. Os filmes que ela estrelou foram: Pretty Baby Menina Bonita (Louis Malle) 1978 nota 6,6; O Último Trem (Ryuhei Kitamura) 2008 nota 5,8; Os Muppets Conquistam Nova York (Frank Oz) 1984 nota 5,0; Preto e Branco (James Toback) 1999 nota 4,9; A Lagoa Azul (Randal Kleiser) 1980 nota 4,6; Amor Sem Fim (Franco Zeffirelli) 1981 nota 4,1.

Brooke-Shields

Jane March – Aos 17 anos fez o filme “O Amante” as cenas foram tão reais que foi inevitável as especulações que ela teria realmente feito sexo com o ator chines Tony Leung. Os filmes que a linda estrelou foram vários: L’amant (1992); Cor da Noite (1994) com o ator Bruce Willis num espetáculo de nudez e imagens sensuais de deixar qualquer um boqueaberto num papel de um adolescente participando de uma terapia em grupo. O filme mistura drama, ação com muita sensualidade; Never Ever (1996); Tarzan e os Lost City (1998); Provocateur (1998); Possessed (2000); Dark Prince: The True Story of Dracula (2000); “Dark Realm”; Bela ea Fera (2003); Il mercante di pietre (2006); My Last Five Girlfriends (2009); Expose (2009) ainda filmando.

Jane-March

Flávia Monteiro – essa em 1988 estrelou um longa metragem nacional. Com seus 16 anos mante secretamente um caso com Reginaldo Faria. Flavia Monteiro iniciou sua carreira no cinema, em 1986, com o longa A Menina do Lado de Alberto Salvá, que lhe rendeu o prêmio de atriz revelação no Festival de Gramado. Flavia Monteiro iniciou sua carreira no cinema, em 1986; Em 1988 estreou no teatro; Entre os anos de 1997 e 2001, Flavia fez grande sucesso com a novela infantil Chiquititas; Seus principais trabalhos realizados na tv foram em Vale-Tudo, de Gilberto Braga ,Salomé ,com direção de Herval Rossano; Kubanacan, de Carlos Lombardi ,na Rede Globo e Éramos Seis e Sangue do meu Sangue, ambas com direção de Nilton Travesso, Brava Gente ,com direção de Roberto Talma e Os Ricos Também Choram, com direção de Henrique Martins, no SBT. Seu trabalho mais recente em tv foi na novela Bang- Bang, de Carlos Lombardi, na Rede Globo; Em 2005, Flávia participou do longa Gatão de Meia-Idade; fez participação na novela Bang-Bang; Novela Vidas Opostas ,na Rede Record; em teatro será em Flor que se Cheire.

Flavia-Monteiro

Até Breve.

Deixe uma resposta